45 anos do 25 de abril: o Direito de participação previsto no “Estatuto do Direito de Oposição” não é apenas fazer figura de corpo presente dado que o corpo sem voz não assegura o previsto no mesmo Estatuto !

O Vereador Jaime Neto referiu-se também ao balanço das comemorações dos 45 anos do 25 de abril, observando que, tal como já tinha feito o Vereador Luís Patacho na sua intervenção, não foram consideradas as propostas dos Vereadores do PS e que voltámos a ter discursos apenas do Sr. Presidente da Câmara e dos Sr. Presidentes das Uniões de Freguesia de Nª Srª do Pópulo, Coto e S. Gregório e Santo Onofre e Serra do Bouro.

Jaime Neto observou ainda que, desta vez e ao contrário do que aconteceu no ano passado, foi convidado a estar no palco montado no Largo Rainha Dª Leonor mas que nunca lhe é dada a palavra nestas cerimónias.  O Vereador Jaime Neto referiu que, na sua opinião, o Direito de participação previsto no “Estatuto do Direito de Oposição” não é apenas fazer figura de corpo presente e que o corpo sem voz não assegura o previsto no mesmo Estatuto.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s