Demagogia eleitoralista

[A verdade é que as Caldas da Rainha têm uma mísera taxa de ocupação turística de dezanove dormidas por cada cem camas disponíveis em estabelecimentos hoteleiros (19%)]

img_905x603$2016_06_13_11_10_40_543655

Foto de Éric Cantona nos Santos Populares em Lisboa

O actual Presidente da Câmara Municipal e já declarado candidato autárquico do psd tem um comportamento público cada vez mais eleitoralista,  recorrendo a todos os meios e argumentos para mascarar a realidade social e económica e tentar manipular de uma forma demagógica a opinião pública . Na sessão da Assembleia Municipal das Caldas da Rainha de 21 de junho de 2016 referiu que “(…) de tal maneira a cidade e o concelho têm o seu movimento que tivemos a informação de que Éric Cantona [ex-futebolista francês] esteve nas Caldas a passear“.

É já um facto público que o ex-futebolista Éric Cantona se encontra a viver actualmente em Lisboa e, por isso, admitamos que possa ter passado pelas Caldas da Rainha em passeio. Mas já roça a mais pura demagogia eleitoralista pretender ligar esse facto a um putativo ‘movimento’ da cidade e do concelho.

A verdade é que as Caldas da Rainha têm uma mísera taxa de ocupação turística de dezanove dormidas por cada cem camas disponíveis em estabelecimentos hoteleiros (19%). Trata-se de um número que nos envergonha e que nos deveria mobilizar a todos para a urgente e desejável mudança da política municipal relativamente a tão importante sector de actividade económica e social. Nos últimos vinte e cinco anos, a maioria psd absolutamente instalada na Câmara e Assembleia Municipal nada tem feito para inverter este estado de coisas.

A verdade é que há uma total ausência de políticas municipais de turismo. Se em 2001 a taxa de ocupação era de 35 dormidas por cada cem camas disponíveis nas Caldas da Rainha, a verdade é que, desde aí, essa taxa tem vindo sempre a descer. Há mais capacidade hoteleira instalada, mas o que não há e não tem havido é capacidade para atrair novos visitantes para as Caldas da Rainha de forma a ter as camas ocupadas.

Por outro lado é importante referir que a taxa média nacional é de 41,2 dormidas por cada cem camas disponíveis. Caldas da Rainha, como se pode constatar, está muito, muito abaixo da média nacional (menos de metade do valor). Com todas as consequências negativas que tal facto acarreta para o presente e para o futuro dos caldenses.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s