Declaração de voto de aprovação da reconstrução da Capela da Senhora de Santa Ana em Salir do Porto

O Vereador Jaime Neto do Partido Socialista (PS) votou favoravelmente a aprovação da reconstrução da Capela da Senhora de Santa Ana, em Salir do Porto, da União de freguesias de Tornada e Salir do Porto, processo 01/2017/233 titulado por Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição de Salir do Porto, tendo apresentado a seguinte declaração de voto:

Declaração de voto de aprovação da reconstrução da Capela da Senhora de Santa Ana em Salir do Porto

(ponto 201/2020 da Reunião Camarária de 2020/02/10)

O Vereador Jaime Neto do Partido Socialista (PS) votou favoravelmente a aprovação da reconstrução da Capela da Senhora de Santa Ana, em Salir do Porto, da União de freguesias de Tornada e Salir do Porto, processo 01/2017/233 titulado por Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição de Salir do Porto, com aditamento, acompanhado de parecer da Divisão de Gestão Urbanística e Planeamento (DGUP), emitido em 2020/02/05 .

Não obstante esse voto político favorável, motivado por respeito e consideração pela louvável intenção dos cidadãos e da comunidade de Salir de Porto de reconstruir a Capela da Senhora de Santa Ana e valorizar o lugar onde esta está implantada, não pode deixar de atender ao seu dever de ética deontológica profissional e tecer as seguintes considerações e recomendações culturais e técnicas sobre o enquadramento e a natureza do futuro projecto de reconstrução:

  1. A Capela da Senhora de Santa Ana em Salir do Porto tem origens que remontam ao séc. XII, sendo portanto, um lugar territorial de grande significado social e cultural ;
  2. O projecto de reconstrução deverá, por isso, ter elevada qualidade arquitectónica e ser respeitador da singularidade do sítio e do seu enquadramento territorial e paisagístico, não deixando de salvaguardar as questões de segurança das pessoas na sua visita ao lugar e à Capela, para fruição da paisagem ou como actividade espiritual e de Culto;
  3. O projecto de reconstrução deverá utilizar técnicas modernas e ser respeitador da integridade das pedras que constituem a actual ruína, devendo observar-se os princípios e orientações constantes das Convenções e Cartas Internacionais sobre a reabilitação do património construído, nomeadamente os da Carta de Veneza (1964) e da Carta de Cracóvia (2000);
  4. O projecto de reconstrução deverá identificar claramente o que são as pedras que constituem a actual ruína e o que é a construção nova, devendo evitar-se as “(…) reconstruções de partes significativas de um edifício, baseadas no que os responsáveis julgam ser o seu ‘verdadeiro estilo’ “ (ponto 4 da Carta de Cracóvia), de modo a não falsear o testemunho e a interpretação histórica ;
  5. O projecto de reconstrução deverá utilizar materiais de elevada qualidade, que permitam uma fácil manutenção futura e a desejável integração do edifício como elemento de valorização da paisagem envolvente ao longo do Tempo;

Tendo em conta as considerações e recomendações culturais e técnicas sobre o enquadramento e a natureza do futuro projecto de reconstrução acima expostas, o Vereador Jaime Neto do PS votou favoravelmente a aprovação da reconstrução da Capela da Senhora de Santa Ana, em Salir do Porto, da União de freguesias de Tornada e Salir do Porto, processo 01/2017/233 titulado por Fábrica da Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Conceição de Salir do Porto.

 

Caldas da Rainha, 10 de Fevereiro de 2020. 

(Jaime Neto)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s