A Câmara Municipal das Caldas da Rainha deverá definir um limite máximo de presenças nos funerais, que não resulte a impossibilidade da presença no funeral de cônjuge ou unido de facto, ascendentes, descendentes, parentes ou afins

Os Vereadores Luís Patacho e Jaime Neto referiram que, no âmbito da publicação da Resolução do Conselho de Ministros n.º 33-A/2020 de 30 de Abril, que altera as medidas excepcionais e temporárias relativas à pandemia da doença COVID-19, nomeadamente quanto à realização de funerais, deverá a Câmara Municipal das Caldas da Rainha definir um limite máximo de presenças, que não resulte a impossibilidade da presença no funeral de cônjuge ou unido de facto, ascendentes, descendentes, parentes ou afins.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Google

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Foto do Facebook

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Conectando a %s