Proposta Aprovada de Projeto de Expansão do Termalismo

Foto Hospital Termal – Jornal Público

“O Vereador do Partido Socialista (PS), Luís Miguel Patacho, ao abrigo do disposto artigo 53º nº 1, al. a)  do Regime Jurídico das Autarquias Locais (Lei Nº 75/ 2013), solicita o agendamento do seguinte assunto na Ordem do Dia da reunião de Câmara de 18 de janeiro de 2022:

Proposta de elaboração e execução de Projeto de Expansão do Termalismo;

Com o seguinte fundamento:

As Termas das Caldas da Rainha encontram-se a funcionar apenas com inalações no Balneário Novo, estando a decorrer as obras na ala sul do 1º andar do Hospital Termal que visam criar condições para se iniciarem os tratamentos musculoesqueléticos.

As infraestruturas das Termas das Caldas têm o maior interesse histórico, cultural e até turístico mas não acompanham nem têm condições de virem a acompanhar aquelas que são as atuais exigências de modernidade dos aquistas, incluindo uma visão mais abrangente do termalismo que inclui uma componente de lazer e de bem-estar.

Temos, por isso, umas termas a funcionar numa versão minimalista e com infraestruturas que por si só são incapazes de potenciar a qualidade da oferta e o número desejável de aquistas que permitam um desenvolvimento sustentado do nosso termalismo, capaz de alavancar a nossa economia local no que respeita aos setores de atividade direta e indiretamente a ele ligados.

Por isso, importa, quanto antes realizar um estudo de sustentabilidade económica do projeto termal que nos auxilie na tomada de decisão sobre a localização, a tipologia e a capacidade de um novo balneário, que deverá integrar o complexo termal com o atual Balneário Novo e o Hospital Termal, mantendo, sobretudo este, um caráter preferencialmente histórico-cultural, de visitação e turístico.

Mas a construção de um novo balneário termal deve ser apenas uma “peça”, ainda que das mais relevantes, de um amplo Projeto de Expansão do Termalismo.

É importante que o complexo termal, a água termal e os tratamentos termais tenham uma articulação com a praia, as águas da Pocinha de Salir do Porto, o Parque D. Carlos I e a Mata.

É ainda determinante criar-se um Programa de Apoio ao Termalismo, Saúde e Bem-Estar que promova essa expansão e dinamização do termalismo nas Caldas da Rainha, com uma forte componente de atratividade turística.

É também da maior importância incluir nesse Projeto de Expansão do Termalismo um Centro de Investigação das Águas Termais e Demais Recursos Hidrológicos, que qualifique as Termas das Caldas da Rainha.

Como importante é apostar numa forte promoção e divulgação das Termas das Caldas.

Do que vem de expor, o Vereador do PS propõe a elaboração e execução de um Projeto de Expansão do Termalismo nas Caldas da Rainha.

Caldas da Rainha, 10 de janeiro de 2022.

O Vereador do PS, (Luís Miguel Patacho)”

A proposta foi aprovada por unanimidade.                                        


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s