A requalificação urbanística das margens da linha ferroviária é uma necessidade premente

O Vereador Jaime Neto referiu que o arranjo urbanístico da Rua Fernando Ponte e Sousa nas Caldas da Rainha, nomeadamente nas margens da linha ferroviária desde o viaduto superior junto aos Silos até à rotunda de acesso ao centro comercial “La Vie”, é disfuncional, desadequado e inaceitável. Relatou ainda os problemas de escorrência e escoamento das águas pluviais na citada artéria, atendendo à verificação de acumulação de água no pavimento, sem sumidouros eficazes, alertando a Câmara Municipal para a necessidade da sua resolução e tratamento urbanístico adequado.

O Vice-Presidente da Câmara informou que está a ser desenvolvido um estudo para a Rua Fernando Ponte e Sousa, com estacionamento perpendicular à via, e está a ser consultada as “Infraestruturas de Portugal” relativamente à servidão da linha férrea.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s