Há uma necessidade cultural imperativa de salvaguarda e preservação do Aqueduto de D. João V, datado de 1748 e que abastecia o Chafariz das Cinco Bicas, assim como da fauna e flora únicas da Mata Rainha Dª Leonor e Quinta da Boneca

Os  Vereadores Luís Patacho e Jaime Neto solicitaram informações e a melhor atenção da Câmara Municipal para a existência de uma petição pública intitulada “Parar a Destruição do Pulmão Florestal no Centro das Caldas da Rainha”, relativa ao alegado projecto imobiliário de parte do terreno da Quinta da Boneca.

Luís Patacho e Jaime Neto referiram a necessidade cultural imperativa de salvaguarda e preservação do Aqueduto de D. João V, datado de 1748 e que abastecia o Chafariz das Cinco Bicas, assim como da fauna e flora única do terreno da Quinta da Boneca contíguo à Mata Rainha D. Leonor, dado o seu potencial futuro como zona de estadia de um desejável percurso alargado de rota pedonal, não só para os Caldenses, como também para visitantes e turistas, que articule o Parque D. Carlos I com a Mata Rainha Dª Leonor.


One thought on “Há uma necessidade cultural imperativa de salvaguarda e preservação do Aqueduto de D. João V, datado de 1748 e que abastecia o Chafariz das Cinco Bicas, assim como da fauna e flora únicas da Mata Rainha Dª Leonor e Quinta da Boneca

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s