Os Vereadores do PS lamentaram não terem sido desencadeadas diligências e não ter sido realizado qualquer investimento municipal significativo da maioria PSD instalada no executivo municipal ao longo dos últimos 45 anos na requalificação da praia de Salir do Porto, da sua duna de areia e paisagem envolvente, a fim da Praia de Salir do Porto se poder qualificar para integrar uma candidatura ao Programa Bandeira Azul

Os Vereadores do Partido Socialista (PS), Luís Patacho e Jaime Neto,  lamentaram não terem sido desencadeadas diligências e não ter sido realizado qualquer investimento municipal significativo da maioria PSD instalada no executivo municipal ao longo dos últimos 45 anos na requalificação da praia de Salir do Porto, da sua duna de areia e paisagem envolvente, a fim de a Praia de Salir do Porto poder qualificar-se para integrar uma candidatura ao Programa Bandeira Azul.

Os Vereadores do PS entendem ser absolutamente lamentável que os responsáveis políticos da maioria PSD no exercício de cargos autárquicos afirmem que “a praia de Salir não existe”, dado que tal afirmação faz tábua rasa de toda a história e cultura deste lugar e dos seus habitantes, ofendendo também a memória de sucessivas gerações de Caldenses e habitantes de concelhos limítrofes que se deslocavam em comboio, de burro, de bicicleta, a pé e alguns de automóvel para ir a banhos à praia de Salir, vivenciando ao mesmo tempo a experiência única da subida e descida da duna de areia, da fonte de água termal chamada de “pocinha” e da visita às ruínas da antiga alfândega.

Os Vereadores do PS voltaram a sublinhar a prioridade política da necessária e urgente despoluição do Rio Tornada, relembrando e requerendo o ponto de situação da sua proposta de elaboração de um mapa com a localização de todas as explorações avícolas e pecuárias que descarregam efluentes para o Rio Tornada, através de pontos vermelhos nesse mapa, incluindo as linhas de água afluentes do Concelho das Caldas da Rainha e Alcobaça, apresentada na reunião camarária de 2018/06/11 e de novo reiterada na reunião camarária de 2109/06/03, sem qualquer resposta informativa e esclarecedora até agora sobre a implementação das ações camarárias com este objectivo. Os Vereadores do PS consideram por isso essencial uma monitorização constante da qualidade da água, vigilância atenta das infrações e consequente punição severa dos infractores. Os Vereadores do PS consideram que as Caldas da Rainha tem efectivamente apenas três praias e um terço destas não tem Bandeira Azul, sendo que o desejável era termos uma praia com qualidade de ouro, não passando a valorização de Salir apenas pelo pedido de classificação da paisagem protegida da duna, mas também pela qualificação ambiental de Salir do Porto e do Rio Tornada e seus afluentes.”


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s