É inaceitável não haver uma resposta eficaz e atempada da Câmara Municipal na resolução dos problemas resultantes das más condições de ambiente e trabalho existentes nas instalações dos funcionários camarários dos “Serviços Municipais de Higiene e Limpeza Urbana” situadas na antiga fábrica “Mattel” !

 

O Vereador Luís Patacho considerou inaceitável não haver uma resposta eficaz e atempada da Câmara Municipal na resolução dos problemas resultantes das más condições de ambiente e trabalho existentes nas instalações dos funcionários camarários dos “Serviços Municipais de Higiene e Limpeza Urbana”,  situadas na antiga fábrica  “Mattel”, voltando a solicitar a melhor atenção do executivo camarário para a resolução célere deste problema.

Luís Patacho referiu que subsistem persistentemente os problemas com os veículos de recolha de lixo e da falta de fardamentos dos trabalhadores, assunto que já foi objecto de várias intervenções  dos Vereadores do PS nas reuniões camarárias de 2019/01/14,  2019/02/28 e 2019/03/25.

Luís Patacho referiu também que ainda não foi implementada a proposta de criação e implementação de um “Plano Municipal de Remoção de Amianto em Edifícios, Instalações e Equipamentos Municipais”, apresentada pelos Vereadores do Partido Socialista (PS) na reunião camarária de 2018/11/12, observando que é urgente sua implementação dado que se trata de um problema gravoso de Saúde Pública que afecta directamente os funcionários camarários dos Serviços Municipais de Higiene e Limpeza Urbana”.

Luís Patacho voltou a enumerar os problemas resultantes das más condições de ambiente e trabalho existentes nas instalações dos funcionários camarários dos “Serviços Municipais de Higiene e Limpeza Urbana”:

  1. permanência da cobertura das instalações em amianto que, sendo certo estar prevista a sua retirada, urge avançar com essa obra;
  2. as avarias sistemáticas dos veículos de recolha de resíduos, encontrando-se no dia da reunião apenas dois em funcionamento, de um total de seis;
  3. a inexistência de fardamentos e botas adequadas para os trabalhadores daquele Serviço, para além da falta de qualidade destes;
  4. a falta de protecção de segurança do veículo de recolha de resíduos sólidos urbanos,  da marca Scania, ao nível dos estribos, reiterando que já houve quatro acidentes de trabalho neste veículo precisamente por falta dessa segurança;
  5. a frequência da limpeza feita às instalações da Matel,  efectuada apenas uma vez por semana, de acordo com o testemunho reportado por muitos funcionários , quando o estabelecido em contrato prevê duas ou três limpezas semanais.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s