Declaração de pronúncia sobre o Museu da Cerâmica das Caldas da Rainha

Actual Museu da Cerâmica, instalado no antigo palacete dos Viscondes de Sacavém

Os Vereadores do Partido Socialista (PS),  Luís Patacho e Jaime Neto, apresentaram a seguinte “Declaração de pronúncia sobre o Museu da Cerâmica das Caldas da Rainha”:

Declaração de pronúncia sobre o Museu da Cerâmica das Caldas da Rainha 

 (ponto 1374/2020 da Reunião Camarária de 2020/09/21)

Aquando da deliberação da Câmara Municipal sobre a transferência de competências para os órgãos municipais no domínio da cultura, isto é, em 02 de Setembro de 2019, disseram os Vereadores do PS, na sua declaração de voto, além do mais, que:

  • “… como já haviam manifestado anteriormente, entendem os vereadores do PS que a Câmara Municipal deve diligenciar pela dignificação e redimensionamento do Museu da Cerâmica, quer a nível infraestrutural, quer quanto à sua classificação, que merece e reclama uma dimensão nacional que este processo de Descentralização não impede nem constrange.
  • Entendem que este é o momento certo para definitivamente ser feita e concluída a discussão sobre a ampliação do Museu da Cerâmica, nomeadamente sobre o programa preliminar, o local da sua implantação e a desejável requalificação do seu enquadramento urbano e paisagístico, não podendo este continuar num limbo de indefinição que contribui negativamente para a sua acelerada  degradação infraestrutural.
  • O acervo existente, a tradição cerâmica da cidade e o número e qualidade dos ceramistas caldenses, além da expressão e relevantes impactos socio-económicos e turísticos da actividade, impõem um novo e decisivo impulso ao Museu da Cerâmica, que merece um estatuto, uma dimensão e uma dignificação consentânea com a sua elevada missão social e cultural.”

Presente o documento produzido pelo Senhor Prof. João B. Serra intitulado “Museu da Cerâmica das Caldas da Rainha. Perspectivas”, e subsequente apresentação pelo Autor na reunião de Câmara, registam os Vereadores do PS, em especial, três considerações do Prof. Serra que nos parecem da maior relevância:

  1. A preocupação com a “não desclassificação” do Museu da Cerâmica, mantendo a sua integração na Rede Portuguesa de Museus (preocupação que os Vereadores do PS acompanham e que já tinham feito referência, defendendo mesmo que a sua classificação “merece e reclama uma dimensão nacional que o processo de Descentralização não impede nem constrange”);
  2. A importância de um estudo urbanístico e paisagístico integrado para aquela zona da cidade; (também aqui os Vereadores do PS se revêm nesta prioridade, tal como já haviam declarado anteriormente); e
  3. O local defendido para a ampliação do Museu, no sentido de que seja para as antigas instalações da Fábrica Bordalo Pinheiro, adquiridas pela Câmara Municipal, nas imediações do Palecete Visconde Sacavém (local que nos parece reunir condições para acomodar a futura ampliação, com ligação ao Palacete, e cuja integração urbana também nos parece favorável, sobretudo quando comparado com a alternativa acolhida na proposta do Plano de Pormenor do Centro Histórico, ou seja, no interior da chamada “Mata do Parque D. Carlos I”; solução que os Vereadores do PS repudiam energicamente).

Registam, ainda, que a maioria PSD na Câmara Municipal tenha, finalmente, percebido que a ampliação do Museu da Cerâmica, pese embora as opiniões que os membros do Executivo possam aprioristicamente ter, merece, diríamos mesmo, exige uma discussão pública alargada aos autarcas, actores da cultura, às forças vivas do concelho e a toda a população interessada no assunto. Após o que a Câmara deverá, sem mais perda de tempo, encetar os necessários procedimentos administrativos conducentes à ampliação do Museu.

Discussão pública que, com agrado, verificaram a disponibilidade da parte do Prof. João Serra em nela participar.

Lamentam, todavia, que só agora, um ano depois de os Vereadores do PS terem exigido a promoção dessa discussão pública, e que amiúde têm reiterado, a maioria PSD tenha realizado essa necessidade

Os Vereadores do Partido Socialista na Câmara Municipal das Caldas da Rainha.

Caldas da Rainha, 21 de Setembro de 2020.

(Luís Miguel Patacho) (Jaime Neto)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s