Proposta de conteúdo museológico diferenciador para o futuro Museu da Cerâmica, que valorize o património hidrogeológico das Caldas da Rainha, nomeadamente a própria matéria-prima da Cerâmica, isto é, o barro, a terra e a água

Os Vereadores do Partido Socialista (PS), Luís Patacho e Jaime Neto, apresentaram uma proposta  de conteúdo museológico diferenciador para o futuro Museu da Cerâmica, que valorize o património hidrogeológico das Caldas da Rainha, nomeadamente a própria matéria-prima da Cerâmica, isto é, o barro, a terra e a água.

Os Vereadores do PS referiram que a desejável futura ligação funcional entre o Palácio dos Viscondes de Sacavém, que alberga o actual Museu da Cerâmica, e o local previsto para a nova construção nas antigas instalações da Fábrica de Cerâmica Bordalo Pinheiro, em contexto de túnel subterrâneo ou de ponte aérea pedonal, deverá ter um espaço museológico reservado para a valorização do património hidrogeológico das Caldas da Rainha, nomeadamente a própria matéria-prima da Cerâmica, isto é, o barro, a terra e a água.

Os Vereadores do PS relembraram ainda a intervenção política que fizeram na reunião camarária de 2020/05/18 na qual apresentaram a proposta de organização de um amplo debate na sociedade Caldense sobre o Museu da Cerâmica e a “Declaração de pronúncia sobre o Museu da Cerâmica das Caldas da Rainha” que apresentaram na reunião camarária de 2020/09/21 .


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s