Intervenção sobre a adesão do Município das Caldas da Rainha à Associação “AGEO – Associação Geoparque Oeste”

O Grupo Municipal do Partido Socialista (PS), constituído por Jaime NetoPedro Seixas e Vânia Almeida, fez uma intervenção protagonizada pelo líder da bancada sobre a adesão do Município das Caldas da Rainha à Associação AGEO—Associação Geoparque Oeste.

Jaime Neto referiu que o PS é a favor desta adesão porque pode significar uma nova perspetiva estratégica para aquilo que é a nossa proatividade enquanto destino turístico. Observou que se tem apostado muito no sol e praia e, de facto, o nosso território tem muitos outros recursos endógenos. Referiu que a faixa litoral entre Salir do Porto e Foz do Arelho pode também beneficiar com novas ideias de desenvolvimento valorização territorial através do trabalho a desenvolver pela AGEO—Associação Geoparque Oeste. A titulo de curiosidade e exemplo, referiu que, um dos primeiros resultados desta proposta de adesão é identificação e o levantamento de pegadas de dinossauro nas arribas junto a Salir do Porto que estão neste momento a decorrer..

Relembrou ainda a proposta apresentada pelos Vereadores do PS no mandato anterior de 2017-2021, na reunião camarária 2021/04/05,para que se estudeaumento da extensão dos passadiços da Foz do Arelho até ao Parque de Merendas da Boavista – Serra do Bouro, num percurso total de cerca de 6 quilómetros, podendo a longo prazo prever-se a sua expansão até Salir do Porto. Referiu que, na sua opinião, há todo um potencial para desenvolvimento não só cultural, mas também económico e social nesta faixa atlântica.

Observou que a costa atlântica das Caldas da Rainha constitui uma grande área ainda por explorar, com recursos endógenos que vão muito para além da questão da paleontologia, referindo que as Caldas da Rainha tem também um património hidrogeológico em abundância que deve ser explorado e valorizado para ter um turismo mais diversificado, diferenciado, mais responsável, destacando monumentos que devem ter muito maior atenção do Município e da AGEO, como o geomonumento “Penedo Furado”, que é um monumento único e que carece de um painel informativo adequado, dado que as pessoas passam e não conhecem as características e a idade geológica daquele monumento.

Relembrou também a quase desaparecida fonte de água mineral natural da Serra do Bouro, com características únicas segundo o muito prestigiado químico francês Charles Lepierre, que a analisou nos finais do séc. XIX, observando que se trata de uma água que combina propriedades minerais da água doce e da água salgada, sendo por isso única no Mundo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s